sexta-feira, 26 de maio de 2017

#52semanasdegratidão 20







ORAR COM INÁCIO E LOYOLA 
(René Berthier)

No Movimento da Reforma e Contrarreforma, desponta Inácio em meio à intolerância religiosa... para contribuir com este século que se intitula: SÉCULO DOS SANTOS. Convertido aos 30 anos, padre aos 47, funda a Companhia de Jesus. Temporão nascido de um casamento de 24 anos... leal cavaleiro, suspeito de pérfidas conspirações, incontestável baluarte desta revolução religiosa... Coxo ferido de guerra, rosto de testa desguarnecida, calvo prematuro, fascina e amedronta ao mesmo tempo... Se conjugam nele os contrários: Afeição e seriedade... ternura e virilidade... doçura e austeridade... compaixão universal... mas pondera a inaptidão... Olhos negros ferem como duas balas... pálpebras pesadas, ligeiramente convexas, revelam o Dom das lágrimas.

Místico e realista ao mesmo tempo para observações. No composto humano: energia ativa mais afetividade..
."OS MEDÍOCRES E OS FRACOS JAMAIS PODEM ACEITAR NEM COMPREENDER ESSA SÍNTESE HARMONIOSA QUE NASCE DO CARÁTER INACIANO. MESTRE DO DISCERNIMENTO. 
Energia refreada, reserva unida à firmeza, intuição segura. Aos vinte e seis anos, seduzido pelas vaidades do mundo... fidalgo, quer conquistar a glória e conquistar também uma infanta... Apaixonado pela cortesia... O psicólogo quase torna espiritual e observador das alternâncias de sua paisagem interior: Alegria e SEQUIDÃO...encanto e pesar... Místico preocupado em agradar a Deus...Visões, escrúpulos, êxtases, sequidão espiritual, vão se alternando dentro do seu curioso e piedoso coração, paralelamente... GOSTO PELOS CONTATOS INTERPESSOAIS... dialoga com as pessoas. 
É um andarilho que vai ao encalço de seu sonho, de amor e de liberdade. O QUE ELE FAZ É A ESCRITA EXPRESSÃO DE TODO O SEU SER. 
Confia na fidelidade divina. Santo de carne e osso... verdadeiro gerente de conjunto... apto ao governo. De antigo soldado se torna autor espiritual. É na realidade um pensador profundo pelas vias seguras, produz frutos autênticos.

Gratidão ao Bom Deus que me permitiu ficar com filhos e netos (também nora e genro) para distrair minha mente e afunilar as prioridades da minha vida...










- Vovó, eu não vou deixar você ir embora!

Obrigada, Senhor, por me dar anjos a me dizer o que me conforta...



Amigo da vovó...



Fazendo rosquinhas com a vovó...


Com filha e netinhos comemorando o Dia das Mães...


Vovó e  netinhos felizes...
Vovó fica feliz com a felicidade deles...


Romeu sem Julieta assim sou eu sem vocês...




Fui a primeira a ganhar a rosa...
São tantas as emoções...

Deus deseja alegrar nosso coração...
Dia das Mães em alto estilo...















Surpresa da vovó para a mamãe...


Dia de embelezar a família toda... 

A filha sabe bem como gosto de um café com bolo à tarde...



Recheio de chocolate branco e preto

A família agradece... o molho foi da mamãe...
Delicioso, por sinal!




Obrigada, Senhor, por tudo...




Vovó teve que fazer serão...
Safadinho todo bobo...

Cabelo curtinho com carinha de bebê da vovó...
Comendo sucrilho de chocolate...


Irmãos que estudam brincando...



Pedido do neto caçula...

Concentrado no desenho...


- Geleia de mocotó na caixinha, vovó...


Brincando tranquilo...


Brincando de estudar...


Romeu e Julieta...
Serotonina na noite...


Tão bom!

Tão bom ser criança!

Brinca muito...


Alegria da vovó...

- Vovó, eu não gosto de ver você chorar...

- Vovó, você e a mamãe me querem...


Fazendo a farra no play..

Esbaldando energia...


Senhor, grave em mim esta imagem de cirança feliz...


Neto pré adolescente...


- Vovó, você tem um coração bom e saudável... Não chora porque eu não gosto... pensa só nas coisas bonitas...

Senhor, muito obrigada por colocar um anjinho lindo que me conforta cá na Terra...

Chora quando me vou, de soluçar...

Eu fico sufocada... durante muito tempo na viagem... até dormir... difícil de me recuperar de dias tão felizes ao lado deles...




Percorrer muitas estradas, voltar para casa e olhar tudo como se fosse pela primeira vez.
(Paulo Coelho)


Gratidão  de 2017:































5 comentários:

  1. Excelente reportagem, querida Rosélia.
    Beijinhos e bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Roselia! Realmente é difícil deixar as pessoas que a gente ama e ter que voltar para casa. Passei por isso recentemente quando fui passar o Dia das Mães em Londrina com minha filha. Mas, faz parte, não é? Você é muito querida. Bjs e bom restante de semana.

    ResponderExcluir
  3. Cara Rosélia!
    Obrigado pela visita à Pietá, ainda que não tenha postado nada da BC, você me contemplou com sua presença no Blog. O mestrado consome todo o meu tempo e energia. A gente se emociona com esta experiências do amor tão grandiosa que você viveu com seus netos, são experiências de Deus. Quanta espirituosidade e vivência plena a vida proporciona aqueles que sabem ser gratos à própria ela. Que você possa ter sempre estas vivências e se encher também sempre do amor de Deus e sentir sua graça em sua vida. Obrigado, por nos apresentar um pouco da beleza de Santo Inácio!

    ResponderExcluir
  4. Gostei de ver as fotos, crianças são puro encanto! Precisamos delas! E gostei de ver as unhas bem cuidadas, afinal tu és uma mulher jovem, especialmente de alma. E, também, muito bonita!
    Agora eu fiquei com vontade de panquecas, que adoro! Ôhhh comidinha caseira que faz um carinho no coração.
    Mais beijinhos eu deixo por aqui, incluindo um apertadíssimo abraço.

    ResponderExcluir

Deixe aqui a sua alegria em viajar comigo.